Dieta Cetogênica

dieta cetogênica

O que é a dieta Cetogênica?

Dieta Cetogênica ou Cetônica é nada mais do que um tipo de dieta em que a proporção de carboidratos é significativamente reduzida , a fim de promover a oxidação da gordura que resulta na formação de corpos cetônicos. Estes compostos são usados alternativamente pelo cérebro como uma fonte de energia na ausência de glicose.

A proporção de carboidratos na dieta cetogênica é geralmente bem abaixo da recomendação de 50 a 60% das calorias totais, e, geralmente, fornece cerca de 10% ou menos da energia.

A dieta cetogênica tem a ingestão de frutas e/ou legumes em quantidades muito controladas, enquanto outros alimentos como cereais, farinhas, pão e frutas, vegetais e leguminosas, são completamente eliminados.

Há também dietas Cetogênicas que são utilizadas em  jejum para promover a formação inicial de corpos cetônicos que deve subsequentemente ser sustentados para alcançar a perda de peso em detrimento da grande oxidação das gorduras.

Como podemos ver, existem muitas dietas cetogênicas e todas têm o objetivo final de promover a queima de gordura no corpo para dar lugar mais tarde aos corpos cetônicos.

Como funciona a dieta cetogênica

dieta cetogênica piramide

Pirâmide alimentar da Dieta Cetogênica

A glicose é a molécula mais simples para se converter e usar como energia para o seu corpo. Esta molécula será escolhida por seu corpo em todas as outras opções. A insulina é um hormônio que atua metabolizando a glicose presente no sangue. Como a glicose é a principal fonte de energia utilizada, as gorduras que são ingeridas em seu corpo são armazenadas como reserva.

Quando digerido, os alimentos ricos em carboidratos, são transformados em açúcar no sangue (glicose). Quanto mais você comer carboidratos  mais a glicose  sobe no seu sangue.

Se você se alimentar mais de gorduras naturais e proteínas, em vez de seu corpo usar a glicose como fonte de energia, ele usará sua gordura corporal armazenada. Isso faz com que a perda de peso seja rápida com a dieta cetogênica.

Se você reduzir a ingestão de carboidratos drasticamente e forçar o seu corpo a usar a gordura como fonte de energia, o fígado converte gordura em cetonas, que funcionam como uma fonte de energia, o corpo atinge um estado de cetose. Atingir o estado ideal de cetose é o principal objetivo na dieta cetogênica.

As cetonas são excelentes fonte de energia para o cérebro e coração. Quando seu corpo tem níveis elevados de cetonas diz-se que você está em cetose.

A dieta cetogênica é uma maneira muito eficaz de perder peso e reduzir o risco de doenças metabólicas. Pesquisas nos últimos anos descobriram que este tipo de dieta é muito eficaz. É mais fácil perder peso com uma dieta cetogênica sem contar calorias e mantendo um controle rigoroso no que você come.

A dieta cetogênica é uma dieta com baixa quantidade de carboidratos, com foco no consumo de gorduras naturais, com ingestão adequada, a fim de atingir o estado de cetose ideal. Muitos pensam que é uma dieta “rica em proteína”, mas não é verdade. A dieta cetogênica é uma dieta rica em gorduras boas e com ingestão moderada de proteínas e restrição de carboidratos.

cetose emagrecer

Dieta da proteína

Atualmente a dieta da proteína  é muito conhecida por ser eficaz na redução do peso corporal e ao mesmo tempo fortalecer os músculos. É necessário certas preparações para fazer a dieta, a fim de alcançar o efeito desejado. Isto é atingido com disciplina e cuidados. Nesta dieta comemos alimentos que são ricos em proteínas.

A quantidade diária de proteína é muito maior em comparação com outros macros nutrientes como carboidratos e gorduras, de modo que o corpo é forçado a extrair energia a partir de dentro do nosso corpo e consumir qualquer gordura que está presente no organismo e fortalece a musculação.

Aspectos da dieta da proteína que você precisa saber

A ingestão de proteína diária por um longo período de tempo produz um estado metabólico chamado cetose , este é produzido por uma baixa quantidade de carboidratos na nossa alimentação recomendada diariamente, fazendo a produção de uma composição química chamado cetona, o que provoca a decomposição para formar acetona, que o cérebro usa como energia, criando uma perda quase instantânea de peso, o que ajuda a perder peso em tempo recorde.

A dieta da proteína é também chamada dieta rica em proteínas e como todas as dietas também têm suas contra-indicações, porque é ruim para a saúde, porque se você parar de fazer dieta, seu corpo é usado a eventualmente, produzir um efeito rebote. Alguns problemas secundários são fadiga, vômitos, náuseas, dores de todo o corpo, e o sistema nervoso também sofre muito e pode causar perturbações.

dieta cetogenica

Recomendações para uma dieta rica em proteínas para perda de peso

Sempre em qualquer dieta a saúde vem em primeiro lugar, se você é uma pessoa que começa a experimentar este tipo de dieta, você não deve exagerar, dietas restritivas são muito perigosas para uma pessoa que não tem conhecimento sobre os efeitos colaterais,  principalmente de uma dieta rica em proteínas.

  • Se você quiser perder peso com a ajuda de uma dieta rica em proteínas, você deve ter muito cuidado, de modo que o seu corpo permaneça sempre bem hidratado. O ideal é tomar pelo menos 2 litros de água por dia.
  • Para obter bons resultados com a dieta da proteína e o corpo assimile gradualmente as propriedades e nutrientes que estão recebendo, você precisa incluir alimentos derivados de porco, frango e peixe. Você pode também escolher ovos, queijo e presunto, além de verduras e algumas raras frutas com baixo índice glicêmico.
  • Você pode consumir maionese e manteiga. É importante mencionar que as proteínas são de grande ajuda para o desenvolvimento do corpo humano e também afetam positivamente a massa muscular.
  • Coma alimentos que ajudam com na digestão, como aqueles que são ricos em fibras como muitos vegetais. Consuma uma quantidade diária considerável, você não deve abusar, muito menos limitar-se a comê-los.

O que é cetose?

As cetonas são produtos do metabolismo de lipídios, que são formados no fígado por oxidação dos ácidos gordos, em que o corpo usa gordura para formar energia na ausência de carboidratos. Cetose ocorre quando a ingestão de carboidratos é inferior a 80 g/dia constantemente por um período de aproximadamente 1 a 2 semanas.

A dieta ae proteína é um tipo de baixa inserção de carboidratos (lowcarb) – dieta de calorias em que a ingestão calórica é feita principalmente com base em proteínas de elevado valor biológico, reduzindo de forma significativa a ingestão de gorduras e carboidratos.

Ao reduzir a ingestão de carboidratos e gorduras, num balanço calórico negativo, força-se o corpo a usar carboidratos de reservas acumulados para a energia. Provoca nos primeiros 2 ou 3 dias o uso de glicogênio hepático, depois muda e a partir do 4º ou 5º dia se começa a usar as gorduras armazenadas. A partir daqui, inicia-se cetose.

Neste ponto, a proteína é também usada como energia, mas como nós estamos fornecendo o suficiente na  dieta, estes não formará músculos, de modo que  podemos manter a nossa massa muscular e, portanto, o nosso metabolismo basal, que irá ajudar a evitar o efeito elástico no fim da dieta, desde que se mantenha os hábitos saudáveis.

Nós podemos dizer que a Cetose não é o mesmo que uma dieta de proteína. Nesta dieta proteica, a base alimentar é a carne. Tais alimentos estão associados com um excesso de gordura, especialmente a saturada.

Quais os efeitos do corpo cetônico?

Na cetose o corpo queima gordura como fonte de energia, e produz e libera os chamados corpos cetônicos para ajudar neste processo e então serão excretados na urina.

Com isto,  sem carboidrato no organismo, o corpo queima toda a gordura, fazendo o indivíduo emagrecer de maneira mais rápida que o normal.

Quais os efeitos secundários do corpo cetônico?

  • Perda ou ganho de peso.
  • Irritabilidade, nervosismo, sonolência.
  • Náuseas, vômitos, diarreia, prisão de ventre.
  • Dor abdominal.

Quase todos estes efeitos são temporários e desaparecem quando o corpo se adaptar à nova dieta.

A cetose pode ocorrer naturalmente?

Cetose também pode ser causada por diabetes tipo 1 ou consumo excessivo de álcool.

Embora um corpo cetônico cause a perda de peso em uma pessoa que precisa, ela também pode trazer graves problemas de saúde se durar por muito tempo.

Uma das dietas cetogênicas que é usada para queimar gordura corporal é a dieta PronoKal, esta dieta produz a cetose PronoKal e é uma dieta com 3 fases que busca entrar no corpo em um estado de cetose, mas sem parar de comer proteínas vegetais e outros alimentos que não carboidratos.

Existe no mercado aparelhos que medem a glicose e a quantidade de corpos cetônicos no sangue. Estes aparelhos podem auxiliar você para controlar seu estado de cetose.

dieta cetogenica

Lista de Alimentos sem carboidratos

As pessoas que seguem dietas baixas em carboidratos limitam sua ingestão para transformar gordura em energia e se sentir mais satisfeito. É difícil de encontrar alimento sem o nutriente, mas as carnes têm pouco ou nenhum hidrato de carbono. Alguns queijos contêm praticamente zero , e, embora os óleos  possuem diretamente falta desse nutriente devem ser consumido com moderação. Os vegetais de folhas verdes são a melhor escolha. Alimentos sem carboidratos tem um baixo índice glicêmico e não aumentam o açúcar no sangue.

Alimentos sem carboidratos – Carnes

Carne bovina, carne de porco e cordeiro não contêm carboidratos, a menos que eles sejam processados. O lombo curado, presunto e bacon geralmente não contêm carboidratos, embora às vezes eles adicionem o açúcar na sua preparação. O mesmo se aplica às salsichas e frios. Hambúrgueres que não são caseiros e feitos com carne pura podem conter carboidratos.

Alimentos sem carboidratos – Peixes e Mariscos

Salmão, bacalhau, linguado, sardinha, anchova, peixe golfinho, garoupa são todos livre de carboidratos, como truta e atum fresco. Caranguejos e camarões frescos não fornecem carboidratos; no entanto, lagosta, ostras, vieiras e mexilhões contêm carboidratos. Este último contém seis gramas de carboidratos por 150 gramas.

Alimentos sem carboidratos – Produtos Lácteos

Chantilly, manteiga e alguns queijos podem ser livres de carboidratos. Os queijos que contêm carboidratos são os  Camembert, Brie, queijo parmesão, queijo cheddar e alguns Munster. Quanto mais processado, mais provável de ter carboidratos.

Alimentos sem carboidratos – Frutas, Verduras, Ervas e Legumes

Entre os legumes que contêm pouco ou nenhum carboidrato estão: espinafre, aipo, couve chinesa, alface, escarola, brotos de alfafa, cogumelos, pimentão, rabanete, pepino e pimentão. Entre as ervas e especiarias sem carboidratos são sálvia, tomilho, estragão, orégano, gengibre, pimenta caiena, , alho, manjericão, salsa, erva-doce e coentro. Ao cozinhar, substituir açúcares e óleos por ervas. Azeitonas e alcaparras são completamente livres de carboidratos. Como tomilho e alecrim fresco, mais algumas variedade de ervas secas.

Alimentos sem carboidratos – Óleos de Cozinha

Azeite de oliva, amendoim, milho, girassol e cártamo; óleo de semente de canola, soja, margarina não contêm carboidratos. Além disso são as melhores fontes de gordura em uma dieta de baixo teor de carboidratos.

Alimentos sem carboidratos – Bebidas

A maioria dos chás pretos, brancos e verdes é livre de carboidratos, como café fresco. A maioria dos refrigerantes diet contêm aspartame e sacarina, algumas bebidas alcoólicas, como vodka, Whisky, rum e gim contêm carboidratos. Vinho branco seco pode conter carboidratos, no entanto, as maiorias dos vinhos tintos e brancos têm baixos níveis destes.

Entenda como o carboidrato é o vilão do seu peso

carboidratos